QUEBRA DE SIGILO BANCÁRIO PELO FAZENDA

 
sat fiscal fazenda

Supremo libera quebra de sigilo bancário pelo Fisco sem autorização judicial

24 de fevereiro de 2016, 17h43

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal decidiu ser constitucional a Lei complementar 105/2001, que permite aos órgãos da administração tributária quebrar o sigilo fiscal de contribuintes sem autorização judicial. Ficaram vencidos no julgamento os ministros Celso de Mello e Marco Aurélio. Saiu vencedor o entendimento de que a norma não configura quebra de sigilo bancário, mas sim transferência de informações entre bancos e o Fisco, ambos protegidos contra o acesso de terceiros.

Segundo o STF, como bancos e Fisco têm o dever de preservar o sigilo dos dados, não há ofensa à Constituição Federal. Na decisão também foi destacado que estados e municípios devem regulamentar, assim como fez a União no Decreto 3.724/2001, a necessidade de haver processo administrativo para obter as informações bancárias dos contribuintes.

Curte se você gosta
deste artigo !!

 

Copyright© HAYASHI Automação comercial , 2016 All Rights Reserved.